Viajante ou turista?

Você se considera um viajante ou um turista?

Este é um conceito bastante recente, porque hoje em dia está na moda ser “viajante”, o velho e bom turista é termo ultrapassado e cafona, ninguém mais se considera um…

Turistas se apinham em lugares óbvios e cheios de ainda mais turistas, seguindo geralmente um guia com bandeirinha, que fala a língua do grupo e dá “dicas imperdíveis” sobre o que não se pode perder de tal lugar. Um quebra-galho, que adianta a sua vida no caso de um completo desconhecimento do lugar que se está visitando- o que para o viajante, é inaceitável.

Sempre teremos Paris...

Sempre teremos Paris…

Já o viajante foge a milhas de distância de lugares com turistas. E, lembre-se, jamais chame um viajante de turista! Eles escolhem justamente o oposto, procuram mais por experiências do que coisas para comprar. Preferem se enfiar em cantinhos perdidos com pequenos restaurantes locais do que ir no famoso restaurante estrelado do Michelin. Preferem sempre assistir ao pôr-do-sol em algum lugar que ofereça uma vista magnífica da cidade do que ir aos já manjados lugares de sempre, cheios de gente. Os viajantes sentam-se e observam os locais, onde frequentam, o que bebem,  identificam hábitos mais rápido do que você consegue imaginar, e o principal: fazem amigos, aonde quer que estejam!

Dubrovnik- Croácia

Dubrovnik- Croácia

Um viajante sabe extrair o máximo de cada lugar que visita, sente a essência de seu povo, sabe ver a alma da cidade- e aproveita sem limites esta experiência. E geralmente, gasta muito menos do que um turista (que logo procura onde gastar seu dinheiro e lotar a mala). Ele sabe que o que define a essência de uma boa viagem é isso: aproveitar sem ter que para isso gastar os tubos. Frequentemente é convidado por seus novos amigos locais para degustar um jantar típico na companhia de sua família, e em troca oferece suas histórias, compartilha sua expertise em globe trotting e sua gratidão. E para isso, nenhum dinheiro é necessário.

Passeio na madrugada pelo Louvre: sensação de te-lo só para você!

Passeio na madrugada pelo Louvre: sensação de te-lo só para você!

Gasta pouco, pois pretende sempre reinvestir seu dinheiro em mais viagens, mensura o seu sucesso pessoal pelo número de carimbos de países no seu passaporte, orgulha-se de  cada vez levar menos coisas na mala- e cada vez mais coisas na memória.

Certamente um dos lugares mais lindos para mergulhar: Vanuatu, Micronésia

Certamente um dos lugares mais lindos para mergulhar: Vanuatu, Micronésia

Ser um turista, por outro lado, também não é ruim. Pense na Monalisa! Turistas e viajantes anseiam por conhece-la pessoalmente e maravilhar-se com seu ar de mistério e perfeição. Ambos concordam que ficar frente a frente com o Coliseu é uma experiência que todos devem ter na vida. E, certamente, os dois pensam que o topo da Torre Eiffel é um dos lugares para se estar para curar qualquer desilusão amorosa, onde a catarse provocada por aquela vista te dá a noção de que a vida é muito curta para ser desperdiçada em momentos tristes.

Você encontrará muitos turistas e viajantes na sua vida, mas não precisa necessariamente se enquadrar em um dos dois grupos: é possível aproveitar o melhor dos dois. Procure por experiências e cultura local como um viajante, mas também abuse do seu lado turista, visitando lugares óbvios. Eles podem te surpreender também. Quem nunca se arrepiou com a beleza gelada da vista do topo do Empire State em pleno inverno nova-iorquino? E o sentimento bucólico que as estações de patinação do Hotel de Ville de Paris, ou do Rockefeller Center no Natal te oferecem, de bandeja?

Vôo panorâmico pelo Grand Canyon- Arizona

Vôo panorâmico pelo Grand Canyon- Arizona

Seja cafona, faz parte do verbo turistar. Encontre o melhor dos dois mundos! Andar pelas margens do Sena é para todos, turistas ou viajantes!

Mas o principal: viaje, cada vez mais. Invista em sabedoria, cultura in loco, experiências para toda a vida, amizades inesperadas, inspiração. Seja um adepto do Wanderlust! E acima de tudo, não julgue, pois todo mundo teve ou terá seu momento turista!!!!

Au revoir!

Parasailing em Fiji, algo a se fazer na vida se quiser ter na memória algo espetacular e inesquecível

Parasailing em Fiji, algo a se fazer na vida se quiser ter na memória algo espetacular e inesquecível

Advertisements

3 thoughts on “Viajante ou turista?

  1. Diana says:

    Irrita-me um pouco essa ideia de colocar as pessoas em caixinhas. Uns são turistas porque isto e aquilo, os outros são viajantes porque aquilo e o outro.. Raios partam os preconceitos! Cada um que faça o que quer e seja feliz 🙂

    • vanessamax says:

      Exatamente! O rotulismo não importa, o principal é a ideia de viajar sempre, seja como viajante ou turista…cada um defende o seu ponto de vista, mas imagino que se soubermos aproveitar de modo a extrair o máximo de cada um, sempre sairemos ganhando. Obrigada por comentar! Até breve!

      • Diana says:

        Exatamente… E até mesmo com a ideia de viajar tenho a mesma opinião 🙂 Quem quer viajar, que viaje, mas quem gosta de ficar em casa porque é mais feliz assim, que seja!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s